top of page

A jornada fascinante das franquias: Como tudo começou

As franquias, hoje uma força motriz no mundo dos negócios, têm uma história fascinante que remonta a iniciativas pioneiras e culmina em um fenômeno global. Neste artigo, exploraremos os primórdios das franquias, desde a primeira empresa a adotar esse modelo até a chegada desse sistema ao Brasil.



A honra de ser a primeira empresa a adotar o sistema de franquias é atribuída a Isaac Singer, o inventor da famosa máquina de costura Singer, no século XIX. Em 1851, Singer introduziu um modelo de negócios revolucionário, permitindo que empreendedores locais comprassem licenças para vender e consertar suas máquinas. Esse sistema deu origem ao que hoje chamamos de franquia.


Após a iniciativa de Isaac Singer, outras empresas começaram a adotar modelos semelhantes, especialmente no setor de bebidas e automóveis nos Estados Unidos no início do século XX. No entanto, foi a ascensão de gigantes como McDonald's na década de 1950 que verdadeiramente impulsionou o modelo de franquias para uma escala global. O McDonald's introduziu práticas padronizadas, treinamento rigoroso e um sistema de operações eficiente que se tornou referência para franquias em todo o mundo.


O Brasil viu a chegada do sistema de franquias entre as décadas de 50 e 60. O pioneirismo é atribuído a empresas como CCAA e Fisk que começaram a experimentar modelos de franquia durante esse período. No entanto, foi na década de 1980 que as franquias ganharam um impulso significativo no país. O setor de fast food, em particular, testemunhou uma expansão notável com marcas internacionais e nacionais adotando o modelo.


Desde a sua introdução no Brasil, o sistema de franquias experimentou um crescimento exponencial, abrangendo uma variedade de setores. De alimentos e varejo a serviços e educação, as franquias tornaram-se uma escolha atraente tanto para franqueadores quanto para empreendedores locais em busca de oportunidades de negócios consolidadas.


A crescente popularidade das franquias levou à necessidade de regulamentação e padrões de qualidade. A Associação Brasileira de Franchising (ABF), fundada em 1987, desempenhou um papel fundamental na definição de diretrizes, promovendo boas práticas e representando os interesses do setor.


Atualmente, as franquias continuam a desempenhar um papel vital na economia global e brasileira. Com a rápida evolução tecnológica, novas oportunidades e modelos de negócios estão surgindo, consolidando ainda mais as franquias como uma força duradoura no cenário empresarial.


A história das franquias é uma narrativa de inovação, empreendedorismo e evolução. Desde os primórdios modestos até se tornar uma força global, as franquias representam não apenas modelos de negócios, mas uma abordagem dinâmica que se adapta às mudanças econômicas e sociais. No Brasil, as franquias não só encontraram solo fértil como também moldaram o panorama empresarial, prometendo um futuro vibrante e cheio de oportunidades para empreendedores e franqueadores que ousam embarcar nessa jornada colaborativa de sucesso.


Franquias pioneiras no Brasil:


Franquia CCAA

Franquia Fisk

Franquia Água de Cheiro

Franquia O Boticário

Franquia Arezzo

bottom of page